facebook TWITTER PRINTER

O que levar em consideração

Este fator influencia, em média, 25% na decisão final.

Antes de escolher um imóvel, você precisa definir alguns pontos que vão resultar em uma procura mais

rápida e assertiva. Como a localização, que é um fator de grande importância e merece ser levado em

consideração.

 

Lembre-se: Comprar um imóvel, geralmente, é um investimento de longo prazo. Então,

não tome nenhuma decisão precipitada. Você tem toda liberdade para fazer suas

escolhas!

 

Ainda que o imóvel seja aparentemente bom e esteja dentro do seu orçamento, o fato de estar localizado em um

lugar “ruim” pode gerar arrependimentos futuros. É muito comum vermos proprietários tentando repassar o bem

que acabou de adquirir. Esta prática gera transtornos e pode não dar o retorno total do que foi investido.

Este é um tipo de problema que pode ser facilmente evitado, se a sua pesquisa for mais detalhada. Considere as

dicas abaixo para fazer a escolha certa!

 

Para começar, faça uma análise sobre a segurança, acessibilidade de locomoção, estrutura da região,

tranquilidade e vizinhança. Essas questões são imprescindíveis para que você e a sua família tenham uma boa

qualidade de vida no novo lar.

 

1 – Segurança:

Pesquise os índices de criminalidade da região. Com a crescente violência, a segurança é certamente o primeiro

item a ser levado em conta quando se busca um imóvel. Converse com os vizinhos e pesquise na internet para

que se tenha uma noção mais nítida.

 

2 – Serviços Locais:

 Verifique se a região possui estabelecimentos que fornecem bens e serviços para o seu dia a dia, como:

supermercados, shoppings, farmácias, padarias, restaurantes, lojas, academias de ginástica, escolas, hospitais,

clínicas e outros. Isso vai facilitar a sua vida e valorizar indiretamente o seu imóvel.

 

3 – Locomoção:

Estude sobre os meios de transporte disponíveis, trânsito e as principais vias de acesso da região. Faça um cálculo

aproximado do tempo que levará para se deslocar aos locais que costuma ir com frequência (trabalho ou escola).

Isso pode ser feito por GPS.

 

4 – Tranquilidade:

Avalie se o local é barulhento, se há bares ou casas de festas por perto, se o tráfego é intenso ou se os vizinhos

têm costume de ouvir o som alto, de maneira que vá incomodar o seu sossego. Ter tranquilidade em sua própria

casa, é primordial.

 

5 – Lazer:

Pesquise por áreas de lazer e convivência próximas ao imóvel, como praças e parques. Essas opções podem

oferecer mais qualidade de vida e possibilitar a prática de exercícios físicos e atividades ao ar livre.

 

6 – Considere o ambiente:

Verifique se o bairro pode potencializar o valor do seu imóvel, faça isso observando os imóveis vizinhos e se o

local possui infraestrutura. Outros detalhes que precisam ser observados, é se o lugar é bem iluminado e

ventilado (isso influencia na economia do consumo de energia elétrica) e a incidência do sol no imóvel (se faz

muito calor, muito frio ou tem umidade).

 

Curtiu as dicas ou ainda tem dúvidas? Procure a CVL!

Temos muitas dicas para compartilhar com você e, com certeza, temos um imóvel que se encaixa perfeitamente

em seu perfil!